WRC: PALMEIRINHA CAPOTA NO PRÓLOGO E NÃO CORRE RALLY DE PORTUGAL

NOBRE E PAULA ACERTAM UMA PEDRA GIGANTE E SOFREM ACIDENTE A 100M DO FINAL DO TRECHO DE CLASSIFICAÇÃO. A SUSPENSÃO DIANTEIRA FOI DESTRUÍDA E OS COMISSÁRIOS DA FIA CONDENARAM O CARRO, QUE TEVE SUA GAIOLA INTERNA DE PROTEÇÃO DANIFICADA. A DUPLA NÃO SOFREU NENHUM ARRANHÃO)

A dupla brasileira Paulo Nobre/Edu Paula não disputará o Rally de Portugal, 4ª etapa do Campeonato Mundial de Rali, que teve inicio nesta quinta-feira (29 de março). Ontem (28 de março), os brasileiros sofreram um acidente no estágio classificatório, chamado de Prólogo no rali. A atividade define a ordem de largada dos competidores nas Especiais. Os danos na gaiola de segurança do carro impediram que seu Mini Cooper fosse liberado para participar da competição. 

"Vou falar o quê? Só posso pedir desculpas a todos que tanto torcem e nos acompanham! Foi vergonhoso sofrer um acidente no Prólogo da prova e nem iniciar o rali", falou Nobre, que prosseguiu. 

"Já no Shakedown andamos mal! A segurança de antes foi perdida no México e não a encontramos ainda, essa é a grande verdade! No Prólogo, em uma curva de alta, escapamos e acertamos umas pedras que danificaram o carro! Mas, mesmo com ele meio torto, continuamos no ritmo mais forte que conseguimos. Grande e estúpido erro. A 100m do final, o carro não fez uma curva, acertou uma pedra gigante e arrebentou toda a suspensão dianteira. Ainda consegui controlar o carro e trazê-lo de volta para a estrada, mas com a roda esquerda completamente aberta o carro virou bruscamente e capotou, caindo em pé! A capotada foi o de menos. Mas a pancada na “pedrona” 
além de danificar toda a frente do Mini também entortou a gaiola interna de proteção, motivo pelo qual os comissários da FIA, por motivos de segurança, condenaram o carro de forma super acertada e vetou nossa participação na prova!", concluiu. 

O próximo desafio de Nobre e Paula no Mundial de Rali será entre os dias 27 e 29 de abril, o Rally da Argentina.