Principais diferenças entre os guinchos elétricos, mecânicos e hidráulicos

GUINCHO ELÉTRICO VANTAGENS: Preço baixo, facilidade de operação, funciona com o motor desligado, controle remoto permitindo ficar longe da linha de arrebentamento do cabo. DESVANTAGENS: Pouco tempo de uso com o motor desligado, exige alteração do alternador, baterias e cabos especiais para funcionar corretamente. Não pode ser usado em jornadas longas (guinchando o dia inteiro) mesmo com o motor ligado. GUINCHO MECÂNICO VANTAGENS: Enquanto o motor do veículo funcionar pode ser usado sem interrupção o dia inteiro. A velocidade do cabo pode ser controlada pela caixa de câmbio, sua capacidade de tração é variável dependendo da marcha engatada. DESVANTAGENS: Não funciona com o motor desligado. Exige a instalação de uma tomada de força na caixa da transferência e espaço para a passagem do eixo cardã entre a tomada de força e o guincho. Montagem cara, especializada, e complicada. Precisa ser operado de dentro do veículo, usando acelerador e embreagem. GUINCHO HIDRÁULICO VANTAGENS: Grande potência em pequeno pacote, funciona enquanto o motor do carro funcionar, pode ser utilizado o dia inteiro. Montagem simplificada em relação aos mecânicos por não possuir eixo cardã. Usa mangueiras flexíveis e controle remoto. Não exige sistema elétrico reforçado. DESVANTAGENS: Não funciona com o motor desligado. Exige a existência de direção hidráulica ou a instalação de uma bomba hidráulica.